Transpetro apresenta nova proposta

A Transpetro apresentou nova minuta para o Termo Aditivo ao ACT Marítimos 2015-2017, informando que levou em conta as observações apresentadas pelas Entidades Sindicais na reunião do último dia 29 de junho.  Na reunião anterior, os Sindicatos marítimos deixaram claro que, além dos ajustes na redação da minuta, alguns avanços fundamentais seriam necessários para que a negociação caminhasse para uma conclusão positiva.

Em reunião nesta 6ª feira, 28 de julho, a Transpetro sinalizou disposição para eliminar a diferenciação da remuneração embarcado/desembarcado e informou que também incluiu na minuta uma redação oferecendo melhor segurança no cumprimento do tempo limite de embarque, assim como um compromisso de estudo para implantação de plano de cargos e salários em um prazo de 180 dias após a assinatura do Termo Aditivo ao ACT 2015/2017.

As Entidades Sindicais haviam argumentado anteriormente que a proposta da Transpetro precisava de avanços, tais como excluir da proposta a diferenciação da remuneração embarcado/desembarcado; definir um dispositivo visando o cumprimento da data para desembarque de forma a evitar a permanência a bordo além do tempo previsto; implantar um plano de cargos e salários e aumentar o valor dos abonos propostos como forma de compensar o impacto financeiro da proposta para os trabalhadores da Transpetro.

No caso da Petrobras, foi demonstrada a necessidade de a empresa avançar em sua proposta reajustando também a RMNR, considerando que não faz sentido a empresa manter congeladas as remunerações dos empregados que majoritariamente não serão afetados pela implantação do regime 1×1. Como a Petrobras manteve sua proposta anterior, sem apresentar novidades, as Entidades Sindicais insistiram que a empresa necessita reconsiderar sua posição e avançar para que se possa chegar a um desfecho positivo na negociação.

Os Sindicatos marítimos entendem que somente após concluída a avaliação do texto da nova minuta e obtido o posicionamento das empresas poderá ser iniciado o processo de consulta, portanto, consideram imprescindível que seus representados e representadas mantenham-se em sintonia com a organização sindical e permaneçam alertas para os próximos desdobramentos da negociação.

Leia a íntegra da Mensagem Circular enviada pelo SINDMAR.

About The Author