Sindicatos marítimos rejeitam proposta de ACT da Aliança

O SINDMAR e os sindicatos coirmãos recusaram a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho – ACT apresentada pela Aliança em 4 de maio durante reunião na sede da Federação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Afins, no Centro do Rio de Janeiro.

De acordo com os Sindicatos Marítimos, a proposta de ACT apresentada pela Aliança não contempla minimamente as reivindicações dos seus representados e reflete prejuízos que podem ser irreparáveis, assim como demonstra o desejo da empresa em manter a política de reajustes salariais com consecutivas perdas.

Os sindicatos rejeitaram a proposta da Aliança em função do baixo percentual oferecido, já que os números não alcançam a reposição da inflação acumulada no período de referência para o ACT. As Entidades Sindicais observaram, ainda, que a empresa não atendeu a nenhuma das reivindicações dos marítimos apresentadas durante as negociações.

Os sindicalistas ressaltaram a necessidade de a Aliança considerar as ponderações feitas em mesa de negociação, apresentando uma proposta sem prejuízos para os marítimos.

Acesse a mensagem circular que o SINDMAR enviou aos Oficiais e Eletricistas da Aliança.

About The Author